Home
SEAAC Blog
SEAAC Twitter
Olho no Olho
Base/Atendimento
Presidenta
Diretoria
Categorias
Circulares CCT
Jurídico
Homologações
Currículos
Parcerias
Lembrador
Info da Hora
Seaac Acontece
Associe-se Já!
Colônia de Férias EAA
Cadastro Empresa
Cadastro Associado
Salão de Beleza

 

SEAAC ACONTECE

Representando a CNTC

Helena participa de evento internacional, em São Paulo

Marilane Teixeira, pesquisadora da Unicamp                                                  Helena; representou a CNTC

 

Vista geral do encontro

 

 

A CNTC está representada na Reunião da UNI Américas, em São Paulo, que discute as implicações da terceirização e do  contrato temporário na vida dos trabalhadores, pelos representantes dos SEAACs de Santos (Rodrigo Pereira Melo), Campinas (Elizabete Prataviera) e Americana (Helena Ribeiro da Silva).

 

A presidenta do SEAAC de Americana e Região e Diretora da Secretaria Geral da FEAAC (Federação dos Empregados de Agentes Autônomos do Comércio do Estado de São Paulo), Helena Ribeiro da Silva, está participando hoje (18) e amanhã (19) da Reunião sobre Agências de Trabalho Temporário no Brasil, promovido pela UNI Américas Global. O evento acontece no Secretariado Nacional dos Trabalhadores no Comércio e Serviços (Sentracos), em São Paulo. Helena está representando a CNTC (Confederação Nacional dos Trabalhadores no Comércio).

 

O objetivo da reunião, que tem a presença de dirigentes sindicais de vários estados brasileiros e do exterior, é trocar experiências e opiniões a respeito das diversas problemáticas que envolvem o tema terceirização de serviços  no Brasil; compreender os desafios enfrentados pelos sindicatos e pelos trabalhadores alocados em agências de contratos temporário e desenvolver estratégias de ação para enfrentar as mudanças, com vistas a melhorar a organização sindical dos trabalhadores.

 

A abertura do evento foi feita por Ricardo Patah, Secretário Geral da Sentracos e presidente da UGT ; Giedre Lelyte, Diretora Mundial da UNI Global; Briceida González, Diretora Regional da UNI Américas; Marcio Monzane, Secretário Regional da UNI Américas e Katharina Hofmann, Vice-Representante da Fundação Friedrich Ebert no Brasil.

 

A palestra do período da manhã contou com a Economista e Pesquisadora da Unicamp-Cesit, Marilane Teixeira, que analisou a lei da terceirização e seus impactos sobre a contratação de trabalho temporário. “Os dois projetos – terceirização e reforma trabalhista – estão assentados na mesma proposta, que é vender a ideia que a flexibilização gerará empregos. Não é verdade. O que pretendem é reduzir custos, às custas da precarização das relações de trabalho e do ser humano. É um projeto que o Governo só discutiu com os empresários”, comentou.

 

Na fase de debate da palestra, Helena Ribeiro  da Silva, lamentou que os sindicatos sejam pouco valorizados pelos trabalhadores e aproveitou para incentivar os sindicalistas a mudarem esta situação. “Precisamos aproveitar este chute que estamos tomando para reagirmos positivamente. Aqueles que estão ou estavam na zona de conforto, precisam ir para a rua, para a base, para as tribunas, mostrar para o trabalhador a sua utilidade e que é o sindicato o único a defendê-los nos momentos de ataques orquestrados contra seus direitos”.

 

Sequência

A palestra da tarde foi proferida pela Oficial Técnica em Princípios e Direitos Fundamentais do Trabalho pela OIT, Thais Dumêt Faria e será encerrada amanhã com a participação de Patricia Pelatiere, especialista do DIEESE, que falará sobre o impacto da terceirização para o primeiro emprego dos jovens.

 

A presidente do SEAAC de Campinas, Elizabete Prataveira, também participa do encontro pela CNTC.

abr/17

 
 

Sindicato dos Empregados de Agentes Autônomos do Comércio de Americana e Região

Trabalhador Conscientizado, Sindicato Transformado!