Home
SEAAC Blog
SEAAC Twitter
Olho no Olho
Base/Atendimento
Presidenta
Diretoria
Categorias
Circulares CCT
Jurídico
Homologações
Currículos
Parcerias
Lembrador
Info da Hora
Seaac Acontece
Associe-se Já!
Colônia de Férias EAA
Cadastro Empresa
Cadastro Associado
Salão de Beleza

SEAAC ACONTECE

 

 

8º Congresso da Força Sindical SP 

Helena, presidenta do SEAAC, é titular da Secretaria da Mulher

 

  

Helena, Antonia, Leonice e Lourdes do SEAAC  Deputado Paulinho, Danilo e Luiz Antonio Medeiros (Fundador da Força)

 

 

Por aclamação chapa única foi eleita

Helena (SEAAC AM), Elizabete e Luciana (SEAAC Campinas), componentes da diretoria da Força com presidente Danilo 

 

O 8º Congresso da Força Sindical do Estado de São Paulo foi realizado hoje (12) em Piracicaba. O evento reelegeu para a presidência da entidade, que representa 600 sindicatos do Estado, Danilo Pereira da Silva. A presidenta do SEAAC de Americana e Região (Sindicato dos Empregados de Agentes Autônomos do Comércio e em Empresas de Assessoramento, Perícias, Informações e Pesquisas e de Empresas de Serviços Contábeis de Americana e Região), Helena Ribeiro da Silva, foi eleita titular da Secretaria da Mulher, tendo as companhias de Laura de Fátima Pereira (Químicos-Itapetininga), como 1ª Secretária; Fernanda Maria de Araújo (Locadores de Veículos), 2ª Secretária e Regina Célia de Melo (Químicos-Louveira), 3ª Secretária.

 

Após os entendimentos para composição da chapa única, componentes da mesa diretora dos trabalhos falaram da importância do Congresso, da união da Força Sindical no Estado, dos compromissos com os trabalhadores e da necessidade de manter direitos conquistados ao longo de anos de luta. Mas, o discurso comum foi de repúdio às reformas propostas pelo Governo. Líderes conclamaram os sindicatos a lotarem ônibus e irem para Brasília dia 24 de maio, no que classificam como “última possibilidade de sensibilizar o Senado a alterar a Reforma Trabalhista e reforçar a rejeição à mudança na Previdência”.

 

O Presidente Nacional da Força Sindical, Deputado Paulo Pereira da Silva, se mostrou preocupado com o momento vivido. Para ele, se a Reforma Trabalhista não sofrer alterações no Senado o prejuízo para os trabalhadores será irreparável. “Estão, com as mudanças na lei, e o fim do imposto sindical, triturando trabalhadores e sindicatos. Se nada mudar 10% dos sindicatos ficarão abertos. Isto vai significar o fim de qualquer defesa aos direitos dos trabalhadores. Não podemos permitir. Temos de mostrar nossa força. Negociar e pressionar”.

 

A Presidenta do SEAAC, Helena Ribeiro, mantida como titular da Secretaria da Mulher mostrou-se feliz com a oportunidade de continuar atuando numa secretaria que tem “muito para conquistar. Estas reformas trazem prejuízos à todos os trabalhadores, mas penaliza ainda mais as mulheres, que já sofrem com diferença salarial, carga de trabalho dobrada em função dos afazeres domésticos e de mãe e assédios no ambiente de trabalho. Vamos continuar na luta pelos direitos dos trabalhadores e das mulheres serem mantidos”.

mai/17

 
 

Sindicato dos Empregados de Agentes Autônomos do Comércio de Americana e Região

Trabalhador Conscientizado, Sindicato Transformado!