2018 - Eleiçoes Graúdas!

Corrupcao

Nunca se denunciou tanto neste país... e nunca tantos foram denunciados! Em época alguma de nossa história a mídia escancarou tantos casos de corrupção. As operações da Polícia Federal, que sempre recebem nomes sugestivos — Anaconda, Albatroz, Lince, Vampiro, Sanguessugas, Lava Jato e por aí vai — e as ações de juízes, promotores e delegados são noticiadas aos quatro cantos do país!

Pensam os desavisados: quem é que teria peito, num país como este, de fazer alguma coisa errada? A resposta é: cada vez mais gente e muita gente graúda. A prova disso está, na própria quantidade de acusações que a cada dia pipocam pelos noticiários. Em vez de diminuir, como se poderia esperar num ambiente de inquisição, os casos em que se suspeita de corrupção aumentam. A conclusão é: na vida real, as denúncias parecem ter efeito nulo como fator de intimidação para os bad boys de colarinho branco.

Pudera, a lei é frouxa e não pune praticamente ninguém, reforçando a presunção de impunidade de parlamentares, mandatários do poder executivo, juízes, burocratas do Estado e criminosos que comandam organizações de dentro das instituições penais, mostrando que são muito mais organizados e poderosos que o governo.

É o trem da alegria que corre pelos trilhos do Brasil, enchendo os bolsos de todos aqueles que gostam de viver com um pouco mais de emoção e não hesitam em se arriscar!

Este é um ano pré-eleições... eleições graúdas. Se não construirmos agora um processo de mobilização que reúna movimentos sociais, estudantis, lideranças e personalidades democráticas, dirigentes sindicais, partidos políticos, todos dispostos a lutar por uma mudança nacional radical, vamos novamente perder o bonde da história que está prestes a passar.

A Diretoria

Topo

© Copyright 2017 - SEAAC Americana