Home
SEAAC Blog
SEAAC Twitter
Olho no Olho
Base/Atendimento
Presidenta
Diretoria
Categorias
Circulares CCT
Jurídico
Homologações
Currículos
Parcerias
Lembrador
Info da Hora
Seaac Acontece
Associe-se Já!
Colônia de Férias EAA
Cadastro Empresa
Cadastro Associado
Salão de Beleza

 

SEAAC ACONTECE

 

SEMINÁRIO DISCUTE OS DIREITOS DA MULHER E LEI MARIA DA PENHA

 

Antonia Vicente Gomes, Diretora da Secretaria Geral do SEAAC AM e presidenta do CMDM, participou dia 26/03/14, na Câmara Municipal de Americana, de evento promovido pela Secretaria de Ação Social e Desenvolvimento Humano e Conselho Municipal dos Direitos da Mulher (CMDM).

 

Na oportunidade a defensora pública, doutora Ana Rita Souza Prata, coordenadora auxiliar do Núcleo Especializado de Promoção dos Direitos da Mulher (NUDEM), abordou o tema Violência Doméstica e Lei Maria da Penha. Discorreu sobre gênero, cultura machista, discriminação das mulheres, a importância da distribuição de cotas, assédio etc. lembrou ainda que a lei foi uma conquista para as mulheres trazendo penalidades para os agressores e, propiciando um aumento das denúncias de violência doméstica praticada contra as mulheres.

 

Antonia Vicente, lembrou da importância da participação dos homens nestes encontros e no dia a dia das mulheres, apoio fundamental mudar a realidade de todas. Gerações foram à luta e muito foi conquistado, pela força dos movimentos feministas, mas ainda existem muitos desafios pela frente. A lei Maria da Penha é um novo marco que encoraja as mulheres  a continuar sempre.

 

Hoje as mulheres precisam buscar seu empoderamento para encontrar a saída do ciclo de violência que é comnpetência do estado e municípios, com seus equipamentos e mecanismos, através de um atendimento humanizado para todas. A capacitação das equipes de atendimento deve ser permanente, buscando sempre sensibilizar as mulheres e homens dos serviços públicos.

 

“O SEAAC luta fortemente para conquistar igualdade de oportunidades, trabalho digno e decente, sem diferenças salariais para todas as trabalhadoras”, finalizou.

 

O evento encerrou as atividades promovidas desde o início do mês em vários pontos da cidade, visando a discussão e conscientização sobre os direitos da mulher e a divulgação dos serviços de atendimento prestados pela rede socioassistencial, de Saúde, de Desenvolvimento Econômico. Americana tem uma Delegacia da Mulher, Centro de Referência da Mulher, Conselho Municipal e outros órgãos, como o Centro de Referência Especializado de Assistência Social e Centros de Referências nos bairros que dão todo o suporte para às mulheres e suas famílias.

mar/2014

 
 

Sindicato dos Empregados de Agentes Autônomos do Comércio de Americana e Região

Trabalhador Conscientizado, Sindicato Transformado!